Como Acabar com as Dores na Corrida?

 em Corridas

Como acabar com a dor na corrida?

 

Calma que não é tão simples assim e é um tema bem complexo.

 

E está completamente relacionado com o tema do nosso ultimo post: os 3 pilares da corrida. Se você ainda não viu, leia para ficar mais completo e você poder entender melhor. 

 

Primeiro, tem que entender a sua dor:

 

  • Ela é apenas um incomodo? Ou uma dor que vem persistindo?

Você perceber: veio o incômodo e passou, persistiu ao longo do treino, ficou doendo depois, é apenas em um lado. Precisa ver se você aumentou intensidade ou volume de treino. O maior índice de lesão na corrida é isso: aumentar de forma brusca – no post / vídeo “Como aumentar dos 5km para os 10km” eu falo mais sobre isso.

 

 Talvez seja um  dia ruim que dormiu mal, não se alimentou direito.. somos seres humanos e não máquinas. 

 

Você pode estar com algum incômodo no corpo por outro motivo e compensar. Um exemplo bobo: bateu o pé, joelho, alguma coisa assim e está dolorido, mas nada demais.. vai correr e sente, aquece e “passa”, mas acaba correndo de uma outra maneira para proteger aquele lugar. Nosso corpo funciona como pequenas engrenagens, todas interligadas, nosso corpo trabalha como um todo.. então ele vai achar uma forma de continuar funcionando, mas vai ter que compensar. 

 

  • Muscular, tendão, articulação?

 

Você pode sentir um tendão ou articulação por não ter aquecido direito, por exemplo.  Ou por ter feito um treino no dia anterior de fortalecimento, sua musculatura está cansada e acaba sobrecarregando a articulação.  Você pode estar mudando sua técnica, o que é bem comum em quem começa a mudar para uma pisada mais meio pé ou  aumentar a cadência: Você começa a  sentir panturrilha e até tendão, mas no início é uma dor de adaptação do corpo.

 

Outro motivo, no frio nosso corpo fica  mais rígido, por isso precisa aquecer melhor. 

 

  • Encurtamento, desequilibrio muscular 

Sempre temos um “lado melhor que o outro”, não tem jeito.. então o encurtamento ou desequilíbrio muscular pode causar dor e até a compensação que falei anteriormente, quando você aumenta a sobrecarga nos treinos (volume e intensidade)  essa diferença pode aparecer. 

 

  • Tênis: você trocou de tênis recentemente ou está com um tênis desgastado?

 

Se é tênis novo, ele pode incomodar um pouco até seu corpo se adaptar.. você pode perceber que seus tênis já tem formato do seu pé, então quando é novo ele vem “duro e certinho”. Aos poucos vai se adaptando ao seu pé, pisada e corpo. Eu mesma, toda vez que troco de tênis, mesmo que seja mesma marca de modelo, nos primeiros dias me dá uma dorzinha na patela. Eu sei que é disso, fico atenta para ver se passa no decorrer dos dias, por isso a importância de ficar atento e se conhecer, tentar entender cada coisas que acontece no seu corpo. 

 

Eu citei algumas, mas tem muitos outros motivos para dor.. O mais importante é ficar atento, entender se é incômodo ou se persiste, se fez algo de diferente. E se você sente alguma dor é importante escutar seu corpo, não forçar para ver como ele responde, pois às vezes é um incômodo que se você descansar, diminuir a intensidade e para. Mas se você continuar forçando vai piorar, se tornar crônico e até uma lesão.

 

Por isso é importante treinar corrida, com acompanhamento, planejamento e seguindo os 3 pilares que falo no vídeo anterior. 

 

Se você quiser um treinamento completo com os 3 pilares, treino específico para corrida e personalizado de acordo com seu objetivo e necessidade, conheça nosso programa A Arte de Correr

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt
Open chat